A preparar a reabertura da Gruta...

Não parámos de trabalhar para si!

Não parámos de trabalhar para si!

Marcação de visitas / Informações:
marisa.santos@grutasmoeda.com

Descrição

Medidas Gerais

Durante o período de pandemia por COVID-19, de acordo com as indicações do Conselho de Ministros e da DGS, também cumprindo com as indicações da Federação Portuguesa de Espeleologia, também da International Show Caves Association, a empresa Grutas da Moeda compromete-se a minimizar os riscos de propagação da Covid-19, tomando diversas medidas de informação, higienização e distanciamento.
Sendo a Gruta um espaço com uma ambiência e características especiais foram adotadas medidas preventivas adicionais.

    Para a visita à Gruta foram adotadas as seguintes medidas preventivas adicionais:
  • As visitas à gruta serão realizadas sempre em grupo, acompanhadas por um guia e cumprindo a recomendação da Direção Geral de Saúde relativa à ocupação máxima por m2.
  • Utilização obrigatória de máscara no interior da Gruta.
  • Higienização das mãos antes e após a visita à Gruta.
  • Na admissão de clientes para a visita ao interior da Gruta será realizada uma criteriosa triagem para a constituição dos grupos, reduzindo o número de visitantes por grupo, para evitar aglomerados desnecessários. Esta medida pode fazer aumentar o tempo de espera para a visita.
  • O espaço visitável natural da Gruta possui quatro entradas que permitem a circulação natural de ar, pois além da entrada e saída abertas em permanência, existem ainda dois algares (cavidades naturais com ligação ao exterior) que estando abertos promovem uma grande circulação de ar por toda a gruta, retirando assim a humidade em excesso.

      A empresa assegura:

    • Cada colaborador tem ao seu dispor informação sobre todas as medidas recomendadas pela Direção Geral de Saúde e sobre o protocolo interno relativo ao Covid-19.
    • As Grutas da Moeda promovem a utilização de material de proteção individual e vários produtos para higienização pessoal e das superfícies, reforçando as suas rotinas de limpeza.
    • Antes de entrar nas instalações, também o pessoal externo ao serviço deve higienizar as mãos com o gel e usar ou solicitar uma máscara.

      Higienização Pessoal – Colaboradores

    1. Ao entrar nas instalações: é necessária a higienização das mãos com solução álcool gel. Seguidamente, é necessário a colocação da máscara para o período de trabalho.
    2. Higienização das mãos: lavar as mãos frequentemente com água e sabão, durante pelo menos 20 segundos ou usar desinfetante para as mãos que tenha pelo menos 70% de álcool, cobrindo todas as superfícies das mãos e esfregando-as até ficarem secas.
    3. Etiqueta respiratória: tossir ou espirrar para o antebraço fletido ou usar lenço de papel, que depois deve ser imediatamente deitado no lixo; higienizar as mãos sempre após tossir ou espirrar e depois de se assoar.
    4. Evitar tocar: nos olhos, nariz e boca com as mãos.
    5. Conduta social: evitar o contacto próximo, apertos de mão, beijos, postos de trabalho partilhados, reuniões presenciais e partilha de objetos e utensílios.
    6. Cumprir a auto monitorização diária: avaliação da febre, verificação da tosse ou dificuldade em respirar.
    7. Sintomas associados ao vírus devem ser imediatamente comunicados a nível superior e aos colegas de trabalho, e tomadas as devidas medidas de segurança, limpeza e desinfeção.
    8. Ao sair das instalações: lavar muito bem as mãos ou higienizar as mãos com solução álcool gel.

      Higienização das Superfícies

    • Cada colaborador é responsável pela limpeza do seu espaço de trabalho. Estão disponíveis diversos sprays desinfetantes, panos de microfibra e toalhetes descartáveis.
    • Na ausência da funcionária de limpeza, a higienização do espaço é efetuada pelos colaboradores.
    • A limpeza deve ser feita várias vezes ao dia, nomeadamente das superfícies e objetos de utilização própria e comum.
    • Os espaços devem ser arejados diariamente.

    Em todos os espaços:

    Ocupação máxima por m 2 recomendada pela Direção Geral de Saúde dentro de todos os espaços.
  • A manutenção da distância social entre os visitantes, de acordo com as recomendações da Direção Geral de Saúde.
  • O cumprimento de protocolo de higienização e segurança.

  • Na zona de cafeteria e loja é reforçada a higienização dos utensílios, equipamentos e superfícies, evitando ao máximo a manipulação direta de alimentos por parte de clientes e colaboradores.
  • Higienização ou desinfeção dos meios de transportes utilizados, após cada atividade, e de acordo com as regras aplicáveis a cada tipo de transporte.
  • Limpeza e desinfeção das superfícies onde colaboradores e clientes circulam, garantindo o controlo e prevenção de infeções.
  • Renovação do ar feita regularmente em todos os espaços fechados.
  • Criação de uma sala de isolamento para qualquer caso suspeito de infeção. *
  • Existe sempre ao serviço um colaborador responsável por acionar os procedimentos em caso de suspeita de infeção (acompanhar a pessoa com sintomas ao espaço de isolamento, prestar-lhe a assistência necessária e contactar o Serviço Nacional de Saúde).
  • A descontaminação da área de isolamento sempre que haja casos positivos de infeção e reforço de limpeza e desinfeção das superfícies frequentemente manuseadas e utilizadas pelo mesmo, conforme indicações da Direção Geral de Saúde.
  • Armazenamento de resíduos produzidos pelos doentes suspeitos de infeção em saco de plástico que, após fechado deve ser segregado e enviado para operador licenciado para a gestão de resíduos hospitalares com risco biológico.
    A Empresa Disponibiliza a todos os Clientes a seguinte informação:
  • Como cumprir as precauções básicas de prevenção e controlo de infeção relativamente ao surto de coronavírus COVID-19.
  • Qual o protocolo interno relativo ao surto de coronavírus COVID-19.

    A Empresa Possui:

  • Equipamentos de proteção individual em número suficiente para todos os colaboradores.
  • quipamentos de proteção individual disponíveis para clientes quando solicitado.
  • Stock de material de limpeza de uso único proporcional à dimensão dos espaços, incluindo os desinfetantes, lixivia e álcool a 70%.
  • Dispensadores de solução à base de álcool junto aos pontos de entrada/saída e no interior dos espaços sempre que necessário.
  • Contentores de resíduos com abertura não manual e saco de plástico.
  • Nas instalações sanitárias equipamento para lavagem de mãos com sabão líquido e toalhetes de papel.

* Sala de isolamento tem as seguintes características:

Ventilação natural;
Instalação sanitária próxima.

*Sala de isolamento equipada com:

Telefone;
Cadeira;
Kit com água e alimentos não perecíveis;
Contentor de resíduos (com abertura não manual e saco de plástico);
Solução à base de álcool;
Máscaras cirúrgicas;
Luvas descartáveis;
Termómetro.

Parcerias

Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saber Mais